sábado, 9 de novembro de 2013

O grande pintor


Chova ou faça sol, lá está ele: Mirim Santos. Natural de Ouro Preto/MG, veio para Pirenópolis trabalhar na primeira restauração da Matriz e nunca mais foi embora.

Sua capacidade de interpretar o cotidiano de Pirenópolis através das tintas é impressionante. E ele pinta uma cidade totalmente sua, particular, vista através do olhar especialista de quem só vê arte.

Mirim pinta em vários locais de Pirenópolis, mas seu ponto preferido é junto à Igreja Matriz, onde geralmente é visto no início da manhã, por conta da posição do sol.

O impressionante é que ele retrata a mesma paisagem há mais de uma década e nunca repete um quadro sequer. Eu comparo sua arte com a fotografia. Podemos fotografar repetidas vezes um objeto, mas a foto nunca será a mesma.

Ele é membro da Academia Pirenopolina de Letras, Artes e Música; e recebeu o título de Cidadão Pirenopolino concedido pela Câmara Municipal. Além disso, como mestre capoeira, desenvolve um trabalho assistencial com crianças carentes da região.

Por tudo isso, este blog lhe presta merecida homenagem.

Adriano Curado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado