sexta-feira, 30 de maio de 2014

Nas folhas desses coqueiros



Nas folhas desses coqueiros

Nas folhas
desses coqueiros
parece que o
vento cochicha
inconfidências
inaudíveis.

E é lá onde
algazarreia
os periquitos,
onde o vento
passeia despreocupado,
é ali que
parece que
se passa
nossa história.

Já se vai
tanto tempo
e ainda não
nos encontramos
nas entrelinhas
desta história
comprida e
instável que
vamos escrevendo
por aí.

Nas folhas
desses coqueiros
mora a minha alma.

Adriano Curado

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Lá vai o cortejo


E lá vai o Cortejo Imperial que conduz o Imperador até sua residência, ladeado pelo longo cordão de virgens e ao som da banda Fênix. É momento de grande emoção, de imagens inigualáveis, onde fatos e pessoas que já partiram assomam à mente da gente.

E lá vai o Cortejo Imperial!

Adriano Curado

Último ensaio da orquestra e do coro


Hoje na sede da Banda Phoênix ocorreu o último ensaio da Orquestra e do Coro Nossa Senhora do Rosário para a Novena do Divino que começará sexta as 18:30 na Igreja Matriz.

Detentora do mais importante arquivo musical do estado (em conjunto com a Banda Phoenix), a Orquestra e Coral Nossa Senhora do Rosário possui um vasto repertório de músicas sacras, compostas por artistas locais (como Antônio da Costa Nascimento, Agesislau de Siqueira entre outros), nacionais e estrangeiros, peças de: Missas, Ladainhas, Novenas, Hinos e Te Deum, que ao longo do tempo foram sendo incorporado de outros arquivos de orquestras mais antigas da cidade, como a do Padre José Joaquim Pereira da Veiga (1770 – 1840) e a do Padre Francisco Inácio da Luz (1821-1878), além do vasto repertório de seu fundador Joaquim Propício de Pina que nos legou um vasto repertório de cópias.

A Novena do Divino (música) foi montada ao longo do tempo, e de tempos em tempos foram sendo incrementado as composições (ao gosto popular), sendo elas:
Veni Creator.
Veni Sancte Spiritus.
O Salutaris – Solo de Elvira Rosa Ferreira.
Ladainhas: C, K e Bataglia (ficando execução a escolha do Maestro).
Tantum Ergo: a Três Vozes. No passado também executou-se o de Odilon – Jose Odilon de Pina.
Hino do Divino – Antônio da Costa Nascimento.

Texto com base nos livros: A Música em Goiás 1980, de Belkis Mendonça e Esboço Histórico de Pirenópolis, 1971 de Jarbas Jayme, além de gravações audiovisuais da Festa nos últimos 20 anos.
Foto e texto de José Roberto França Oliveira 

terça-feira, 27 de maio de 2014

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Encerramento do Festival Gastronômico

Pirenópolis se despediu do IX Festival Gastronômico e Cultural com uma energia fantástica!

Foram 3 dias com muitas atrações deliciosas espalhadas pelas ruas, teatro, cinema e restaurantes de Pirenópolis!
Cada vez mais este Festival se consolida e atrai um público fantástico para a cidade, pessoas que apreciam a cultura e a gastronomia, e que fizeram parte de mais um ano de sucesso!

O encerramento ontem com show da Vanessa da Mata foi emocionante, milhares de pessoas sentindo uma energia que contagiou a belíssima cantora que fez um espetáculo de tirar o chapéu!

Pirenópolis está de portas para vocês, turistas conscientes e apaixonados por essa cidade encantadora!

Agora a próxima atração é as Cavalhadas que acontecem entre os dias 08 a 10 de junho, venha você também vivenciar a maior e mais bela representação cultural do Centro Oeste!

Fotos e texto: Flavio Isaac




Dia do Mergulho


Turminha boa! Várias já confirmaram presença no "Dia do Mergulho". Iremos tomar banho de rio. Será no Rio das Almas, na ponte de madeira aqui em Pirenópolis. Confirmadas: Kate Duarte, Norma Caiado, Nádia Aparecida Pires, Eliane de Castro, Gisela Maria, Adriane Righazi, Thales Coutinho, Nadia Rios Vellasco, Duílio Martins de Araújo e outros. Venha Também! Em breve marcaremos a data. Convite e foto: Cidinha Coutinho

Folia Renovação


Thales Jose Jayme e Thales Coutinho. Folia do Divino Espírito Santo Renovação Cristã, Fazenda Sardinha, 24 de maio 2014. Pirenópolis-Go.Brasil. Foto: Cidinha Coutinho

O uso do Cavalhódromo




Uma questão que tem que ser esclarecida ao povo é sobre a atual propriedade do Cavalhódromo. Construído onde antes era o campo de futebol Dr. Ulysses Jayme, que pertencia ao Município, o imenso complexo foi edificado com verbas estaduais em cifras astronômicas que ninguém sabe ao certo, pois passou por três governadores e a obra foi paralisada e retomada diversas vezes. Fato é que, depois de pronto, a quem pertence o Cavalhódromo?

Essa pergunta é oportuna porque sua resposta conta ao povo quem deve prestar contas dos gastos e arrecadação e se responsabilizar pelo seu uso. Quando ocorrem partidas futebolísticas no local, são vendidos ingressos aos torcedores, mas não há prestação de contas dos valores arrecadados e nem de seu recolhimento aos cofres públicos, o que poderia configurar improbidade administrativa.

Quanto ao Estádio Serra Dourara, por exemplo, depois que a concessionária que o administrava findou seu contrato, o complexo voltou para o governo do Estado de Goiás e a arrecadação com jogos e eventos privados paga aos cofres públicos um percentual.

Definido se o Cavalhódromo é do Município de Pirenópolis ou do Estado de Goiás, é preciso que um administrador seja designado para o local, com a responsabilidade de zelar pelo patrimônio público e também prestar contas das receitas e despesas geradas.

Adriano Curado

sexta-feira, 23 de maio de 2014

O festival em fotos

Imagens do Festival Gastronômico, na fotografia de Roque Samuel Pereira.








Campanhas vencidas e perdidas


Neste pequeno espaço dedicado à cidade de Pirenópolis, já travamos boas batalhas em prol de nossa cultura e nossas tradições. A imensa discussão sobre a numeração dos Mascarados das Cavalhadas em 2011, por exemplo, rendeu centenas de comentários numa postagem da época.

Outra briga boa que vencemos foi o banimento do som automotivo da cidade. Antes das insistentes campanhas pela sua proibição, era comum ver campeonatos desses sons bem na Praça da Matriz, em pleno Centro Histórico de Pirenópolis. Ligava-se para a polícia e o atendente respondia: “Os jovens têm direito de se divertirem”. E eu não tenho direito ao repouso, e os casarões históricos podem ruir? Essa foi uma discussão longa e cansativa, até que entrou no inconsciente coletivo que som automotivo em cidade turística não é saudável. Hoje a polícia multa, apreende, prende. Vencemos!

Caminhões continua em trânsito no Cento Histórico

Mas perdemos muitas campanhas também. Creio que a maior delas foi o tráfego de veículos pesados no Centro Histórico. Não sei por qual motivo, a atual administração retirou os tocos que evitavam que esses veículos adentrassem nas ruas centrais. Agora vemos ônibus imensos que, desorientados, entalam nas vielas antigas. Também caminhões transitam livremente e abalam as paredes de adobe e taipa dos casarões e templos. Esta briga, portanto, ainda não vencemos.

O Fachadismo foi empregado na reconstrução do Cine-teatro Pireneus

A bola da vez, agora, é a campanha contra o Fachadismo arquitetônico, que é a moda de se derrubar a casa toda e deixar apenas a fachada. Para os órgãos que têm a obrigação de fiscalizar e preservar, está de bom tamanho um reforma nesses moldes. Mas para o pirenopolino, não. Então fincamos um novo marco de lutas, vejamos se conseguimos alterar esse modismo ilegal.

Altares originais da igreja Matriz de Pirenópolis

Está também em andamento a corrente pela reconstrução dos altares da igreja Matriz, luta que conta com o apoio da cidade toda, sem restrições de peso.

Por todas essas, na contabilidade dos ganhos e perdas, creio que este site tem cumprido sua finalidade. Além do mais, tornou-se ele material de pesquisa para estudantes e historiadores, e não raramente recebo mensagens de pessoas que querem tirar dúvidas sobre a história pirenopolina. Que nossa luta continue por muito tempo ainda.

Adriano Curado

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Programação do Festival Gastronômico



Dia 22/05/14
20:00h – Abertura – Solenidade – Local: Teatro
21:00h – Tachadas da Terra: UEG, Wanda (Predeiras) / Sabores do Forno c/ Gilmar Borges e Equipe – Local: Feira Gastronômica

Dia 23/05/14
*Feira Gastronômica 11:00h à 00h
09:00h – Memórias Gustativas: Um Novo Design – Destaque UEG: Chef Vini Ferreira – Local: Cinema
10:45h – A cozinha de Neka e seus encantos – Chef Neka Menna Barreto – Local: Cinema
12:45 – Deu Samba na Ásia – Chefs LuisYscava e Rose De Lena – Local: Cinema
14:00h – Valores da Nossa Terra – Chefs Marco Túlio e Walter Dantas – Local: Cinema
15:30h – Meu Rei, o Baru – Chef Márcia Pinchemel – Local: Cinema
16:00h – Tachada “Tem Jabá no Tacho” – Chef Mara Salles – Local: Feira
17:30h – Tachada Alquimia da Capital – Chef Tatiana Maia – Local: Feira
18:00h – O que se espera da comida em um lugar turístico? – Palestra com Ivo Ribeiro, Abrasel, Josimar Melo – Local: Teatro
19:00h – Goiás: A 21ª região da Itália – Chef Carlos Bertolazzi – Local: Cinema - Após a aula Lançamento de seu livro com sessão de autógrafos.
19h:00 – Tachada de Folia Chef Ângelo Carlos – Local: Feira
20:30h – Tachada a Amazônia encontra o Cerrado. Chef Daniela Martins – Local: Feira



Espaço Vinho e Cerveja
16:00h – Introdução ao mundo das Cervejas (Degustação Colombina) – Palestrantes: Deise Novakoski e Alberto Nascimento – Local: Teatro
18:00h – Introdução ao mundo dos Vinhos (Degustação BraSpain) – Palestrante: Wanderson de Jesus. Local: Entroncamento Cultural – Piso Superior
20:00h – Vinhos Intrépido e Bandeiras – Palestrante: Marcelo de Souza – Local: Entroncamento Cultural – Piso Superior
20:00h – Terroir de Altos Montes e Campanha Gaúcha (Degustação MyWinery) – Palestrante: Felipe Prigol – Local: Teatro
21:00h – Introdução do Suco de Uva Artesanal e Vinhos de mesa (Degustação Del Nono) – Palestrante: Anir Caetano – Local: Entroncamento Cultural – Piso Superior

- Todos os dias apresentações artísticas no palco da Feira Gastronômica
- Todos os dias apresentações artísticas no palco da Feira Gastronômica



Dia 24/05/14
*Feira Gastronômica 11:00h à 00h
09:00h – O Litoral no Cerrado! Unindo o Brasil e resgatando a cultura gastronômica brasileira – Chef DucaLapenda – Local: Cinema
10:45h – O Cerrado sob o olhar de Laurent Suaudeau – Chef Laurent Suaudeau – Local: Cinema
12:15 – Natureza e Tradição: Potencialidades Turísticas e Gastronômicas – Chef Guga Rocha – Local: Cinema
13:30h–Enogastronomia.Comer, beber e amar – Chef Edvânia Nogueira e Viticultora Filipa Loba – Local: Cinema
15:15h – Paixões, versos e prisões – Chef Ian Baiocchi – Local: Cinema
16:00h – Tachada de Garimpo – Chefs Gilmar Borges e Mirley Guimarães – Local: Feira
16:45h – Inovação e Tradição – Chef Alberto Landgraf – Local: Cinema
17:30h – Tachada Cerrado no Tacho – Chef Tati Mendes – Local: Feira
18:00h – O Gosto no Cerrado – Chef: Mônica Rangel – Local: Cinema
19:00h – Tachada O Arroz Nosso de Cada Alegria – Chefs Paulo Machado e Vivi Gonçalves – Local: Feira



Espaço Vinho e Cerveja
A partir das 10:00h – Produção de Cerveja Caseira (Brassagem) – ACERVA Goiana (Associação de Cervejeiros Artesanais do Estado de Goiás) – Local: Entroncamento Cultural

10:00h – Varanda dos Espumantes e Vinhos do Velho Mundo – Palestrantes: Felipe Prigol, José Pedro dos Santos e Wanderson de Jesus – Local: Entroncamento Cultural – Piso Superior
10:00h – Vinícola Solar dos Lobos em Portugal (Degustação Solar dos Lobos) – Palestrante: Filipa Lobo – Local: Teatro
12:00h – Introdução do Suco de Uva Artesanal e Vinhos de mesa (Degustação Del Nono) – Palestrante: Anir Caetano – Local: Teatro
14:00h – Cervejas e Brigadeiros (Degustação Colombina e Poema Gourmet) – Palestrante: Alberto Nascimento – Local: Teatro
16:00h – Vinhos Portugueses – Palestrante: José Pedro dos Santos – Local: Teatro.
18:00h – Vinhos e Chocolate (Degustação Poema Gourmet) – Palestrante: Deise Novakoski – Local: Teatro
18:00h – A Espanha e seus Encantos (Degustação BraSpain) – Palestrante: Wanderson de Jesus – Local:Entroncamento Cultural – Piso Superior.
20:00h – Vinhos X Cervejas -Palestrantes: Felipe Prigol e Alberto Nascimento e Chef Sáforah Jacob -Local: Teatro
20:00h – Vinhos tintos e espumante brasileiros (Degustação Fante) – Palestrante: Arlindo Menoncin. – Local:Entroncamento Cultural – Piso Superior.



Dia 25/05/14
*Feira Gastronômica 11:00h às 17:00h
09:00h – Aula Show – Chef Alexandre Vicki – Local: Cinema
10:30h – Ouro da Terra – Chef Monick Braga e Gabriela Borges – Local: Cinema
10:30h – Horta Caseira – Palestra com Beatriz Rezende – Local: Teatro
11:45h – A Trilha Nordestina nos Pireneus – Chef Lia Quinderé – Local: Cinema
13:00h – Charme à moda goiana – Chefs BethyAlves e Paty Garcia – Local: Cinema



Espaço Vinho e Cerveja
09:00h – Brasil e sua merecida conquista no mundo dos vinhos (Degustação BraSpain) – Palestrante: Wanderson de Jesus – Local: Teatro
10:00h – Vinhos Brancos e Espumantes Brasileiros (Degustação Fante) – Palestrante: Arlindo Menoncin – Local:Entroncamento Cultural – Piso Superior
12:00h – Confraria do Circuito Gastronômico. Festa de encerramento – Local: Entroncamento Cultural







IX Festival Gastronômico de Pirenópolis




IX Festival Gastronômico de Pirenópolis

De 22 a 25 de maio com o melhor da gastronomia goiana
Pirenópolis integra o Circuito Gastronômico Goiás, que reunirá chefs renomados de várias partes do Brasil e do mundo entre os dias 22 a 25 de maio no principal destino turístico do Estado. Nesta edição de 2014 o Circuito que já esteve na Cidade de Goiás, também passará por Alto Paraíso, Caldas Novas, Nova Veneza, Trindade e Goiânia. Em Pirenópolis, o evento que e chega a sua 9ª edição e têm a realização da Prefeitura de Pirenopólis e Governo de Goiás, através da Goiás Turismo, em parceria com entidades como Universidade Estadual de Goiás (UEG), Sebrae Goiás, Senac Goiás e Associação Goiana de Profissionais e Estudantes de Cozinha (Agpec).
Com foco na valorização do Cerrado e no uso dos produtos goianos na cozinha contemporânea, o 9º Festival Gastronômico e Cultural de Pirenópolis reunirá chefs de cozinha de várias regiões do País e internacionais na cidade. Nesta edição o município irá receber um time estrelado de profissionais, como o francês radicado em São Paulo Laurent Suaudeau, Mara Salles, Alberto Landgraf e Salvatori Loi. Chefes goianos consagrados como Ian Baiocchi e Márcia Pinchemel também participam do encontro.
O Festival Gastronômico de Pirenópolis será um passeio pelas diferentes áreas da culinária, desde a degustação de vinhos ao preparo de pratos típicos. A programação inclui oficinas, aulas-show e a participação de vários restaurantes da cidade, que vão oferecer cardápios especiais nos dias do evento.
Destinado aos empreendedores, aos administradores de restaurantes, profissionais e estudantes ligados à área de turismo, hospitalidade e gastronomia, bem como turistas que desejam desfrutar deste evento gastronômico, o Festival Gastronômico de Pirenópolis chega à sua nona edição com um leque de alternativas deliciosas.
A proposta é provocar nas pessoas, principalmente na população goiana, o interesse, o gosto e a necessidade de conhecer o potencial e a identidade cultural. Outro foco importante é a qualificação da mão de obra local através do envolvimento da Universidade Estadual de Goiás (UEG) com a realização de cursos e palestras dentro da programação do festival.
O Festival Gastronômico de Pirenópolis faz parte do projeto Goiás, Lindo Demais, que visa divulgar as belezas e os atrativos do Estado. Durante o festival haverá várias apresentações culturais com músicos regionais. A cantora Vanessa da Matta fará o show de encerramento do festival no final da tarde de domingo (25), na Rua do Lazer.
FEIRA DE ARTE, CULTURA E GASTRONOMIA TÍPICA
 Pirenópolis é uma cidade histórica. Está localizada na região do ouro, e hoje faz parte dos 65 destinos indutores do turismo no Brasil. O turismo na cidade é um fator que vêm crescendo nos últimos 10 anos e atraindo cada vez mais um grande público nacional e internacional, que encontram na cidade uma grande diversidade de segmentos turísticos, em sua beleza natural, gastronômica, e cultural.
A Feira de Arte, Cultura e Gastronomia Típica tem por objetivo beneficiar diretamente os produtores rurais, agregando o artesanato e a culinária local. Tornando produto mais acessível de vendas aos produtores, e também aos consumidores.
A 3º edição da Feira acontecerá durante o 9º Festival Gastronômico e Cultural de Pirenópolis, buscando apoiar a produção e comercialização de produtos do campo, artesanato local, e comidas típicas da região, promovendo a geração de renda a toda a comunidade, bem como incentivo, o resgate e preservação da cultura local. Feira é composta por produtores rurais, artesãos, artistas locais e é realizada pela Prefeitura de Pirenópolis, através da Secretaria Municipal de Turismo, comandada pelo secretário Sérgio Rady.